1994: Cruzeiro 0x0 Democrata GV

sábado, 15 de janeiro de 2011




Cruzeiro 0x0 Democrata GV
Motivo: Campeonato Mineiro
Data: 02/02/1994
Local: Mineirão, Belo Horizonte, MG
Público: 10.899
Renda: Cr$ 19.461.000
Árbitro:Marco Antonio Cunha
Cruzeiro; Dida, Paulo Roberto, Robson, Luizinho, Rogério Lage, Zelão, Luiz Fernando (Macalé), Catê, Ronaldo, Cleison, Roberto Gaúcho (Webert).
Técnico: Nelinho.
Democrata GV: Gomes, Wilson, Lobão, Valmir, Baiano, João Batista, Mauro Botelho, Gute, Marcelo, Mauro, Robertinho.
Técnico: Morais
Fonte: Almanaque do Cruzeiro, de Henrique Ribeiro

02/02/1994: Um empate melancólico no Mineirão. a torcida vaiou o time que não conseguiu furar o bloqueio do Democrata-GV. Foi só um tropeço na camnhada celeste para o título.

video da TV Minas. narração de Roberto Amaral e Lucélio Gomes

3 Comentários

Hadson - Governador Valadares (MG) disse...

Em 1994, o Democrata-GV foi o Campeão MIneiro do Interior. Aliás, tetracampeão (1991/92/93/94).
O Campeonato de 1994 foi por pontos corridos e o Cruzeiro terminou campeão e com 10 pontos sobre o Atlético (vice-campeão). Detalhe: a vitória valia 2 pontos. Só após a Copa dos EUA, pouco tempo depois do fim do Campeonato Mineiro, é que a vitória passou a valer 3 pontos.
Voltando a falar da Pantera, em 1994, nos 3 jogos em BH, o Democrata-GV saiu invicto: Cruzeiro 0 x 0 Democrata-GV; América 0 x 1 DEmocrata-GV (gol de Gute) e Atlético 0 x 1 Democrata-GV (gol, também de Gute).

15 de janeiro de 2011 17:04
Sérgio disse...

Hadson, e teve um ano em que o Democrata foi o vice-campeão. Acho que foi em 1991.

15 de janeiro de 2011 17:56
Hadson - Governador Valadares (MG) disse...

Sim, o Democrata-GV foi Vice-Campeão Mineiro em 1991. Foi o primeiro time do Estado, depois da dupla Cruzeiro e Atlético, a disputar a Copa do Brasil. Isso ocorreu em 1992, pois MG só tinha direito a duas vagas e elas eram reservadas ao campeão e vice do Campeonato Mineiro do ano anterior.
Time-base do Democrata-GV em 1991: Sílvio, Borges, Parreira, Valmir e Baiano; Toninho, Marcelo Alves e Amando; Edinho, Gilmar Estevam e Élder. Técnico: José Maria Pena.

16 de janeiro de 2011 11:02