11/03/2010: Deportivo Itália 2x2 Cruzeiro

sexta-feira, 12 de março de 2010

video

Deportivo Itália 2x2 Cruzeiro
Motivo: 3ª rodada da fase de grupos da Copa Santander Libertadores
Data: 11/03/2010 (quinta-feira)
Local: estádio Olímpico, em Caracas-VEN
Árbitro: Carlos Vera (EQU)
Gols: Blanco, aos 11 min., e Kleber, aos 26 min. do 1º tempo; Kleber, aos 5 min., e McIntosh, aos 20 min. do 2º tempo
Deportivo Itália: Liebeskind; McIntosh, Maidana, López e Diez (Lobo); Morales, Giroletti; Díaz (Félix Cásseres) e Urdaneta; Blanco e Panigutti (Cristian Cásseres)
Técnico: Eduardo Saragó
Cruzeiro: Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Leonardo Silva e Diego Renan (Gil); Henrique, Pedro Ken, Marquinhos Paraná e Roger (Eliandro); Thiago Ribeiro (Bernardo) e Kleber
Técnico: Adilson Batista
Cartões amarelos: Leonardo Silva e Henrique (Cruzeiro); Giroletti e Morales (Deportivo Itália)
Cartões vermelhos: Kleber (Cruzeiro); Lobo (Deportivo Itália)




Resumo

Belo Horizonte, MG, 11 (AFI) – O Cruzeiro conseguiu arrancar um empate, por 2 a 2, nesta quinta-feira, contra o Deportivo Itália, jogando em Caracas, pela terceira rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores da América. Kléber marcou para a equipe Celeste, enquanto Blanco e Mcintosh marcaram para os venezuelanos.
Com o empate, o Cruzeiro assumiu a segunda colocação do Grupo 7, com quatro pontos. Dois a menos que o líder Vélez Sarsfield, que tem apenas dois jogos. Já o Deportivo Itália marcou seu primeiro ponto e continua amargando a lanterna do grupo.

Começo ruimO começo do time do Cruzeiro não foi o planejado pelo treinador Adilson Batista. Sentindo a altitude da capital Venezuelana, a equipe celeste tomou um susto no começo da partida. Logo aos três minutos, Fábio precisou fazer excelente intervenção em chute de Panigutti.

Um minuto depois, em sua primeira chegada ao ataque, o Cruzeiro respondeu a altura, o lance de perigo do adversário. O volante Henrique arriscou de fora da área, o goleiro Liebeskind rebateu para o meio da área e de peixinho Kleber cabeceou nas mãos do camisa 1 do Deportivo Itália.

Sem conseguir encaixar o sistema de marcação, o Cruzeiro sofreu uma pequena pressão nos primeiros quinze minutos. Logo aos onze, saiu o primeiro gol da partida. Blanco recebeu a bola na área, girou e tocou na saída de Fábio, colocando a equipe venezuelana na frente da partida.

Artilheiro resolveAos poucos o Cruzeiro foi se soltando na partida e seu futebol foi evoluindo. As principais jogadas ofensivas eram através de jogadas pelo lado direito com Jonathan. Em uma delas, o lateral chutou, a bola carimbou o zagueiro e foi para linha de fundo, em escanteio.

Na cobrança, Roger colocou a bola na área, o goleiro Liebeskind saiu mal e não encontrou nada, Kleber, em se jogou em direção à pelota, para tocar e marcar o gol de empate do Cruzeiro, aos vinte e seis minutos.
O primeiro tempo terminou sem muitas emoções. As duas equipes não conseguiam evoluir as jogadas de ataques, devido ao grande número de passes errados de ambas equipes.

Começo diferenteO Cruzeiro começou a segunda etapa completamente diferente do inicio da partida. Logo aos sete minutos, o time celeste conseguiu o gol da virada. Diego Renan recebe na entrada da área e chuta para defesa de Liebeskind, que rebate nos pés de Kleber, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Na frente no placar, o Cruzeiro recuou e passou a apostar no contra-ataque para tentar matar a partida. Porém, esta estratégia fez com que o Deportivo Itália crescesse no jogo e começasse a pressionar a equipe mineira.

Recuou demaisAos 20 minutos veio o castigo ao Cruzeiro por ter recuado na partida. Blanco recebeu pelo lado direito e cruzou rasteiro para o lateral Mcintosh, que vinha entrando, livre, apenas escorar para o gol, decretando o empate em Caracas.

A partir do gol de empate do Deportivo Itália, as duas equipes pararam de jogar e passaram a administrar o resultado. Nem a expulsão de Kleber foi capaz de dar uma nova cara à partida.

Próximos jogosAs duas equipes voltam a se encontrar, no próximo dia 24, no Mineirão, pela quarta rodada do Grupo 7 da Copa Libertadores.