28/03/2010: Democrata - GV 3x1 Cruzeiro

sábado, 22 de abril de 2017

video


Democrata - GV 3x1 Cruzeiro
Motivo: 11ª rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro
Data: 28/03/2010 (domingo)
Local: José Mammoud Abbas, em Governador Valadares-MG
Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)
Gols: Kieza, aos 5 min. do 1º tempo; Alex Santos, a 1 min., Wanderson, aos 16 min., e Celinho, aos 38 min. do 2º tempo
Democrata-GV: Bruno; Alex Santos, Lúcio, Matheus e Magal; Dudu Araxá, Sandro Manoel, Marcel e Wanderson (Beto); Ely Thadeu (Celinho) e Eraldo.
Técnico: Moacir Júnior
Cruzeiro: Rafael; Marcos, Caçapa, Gil e Magalhães; Uchôa, Fabrício (Fernandinho),
Camilo (Anderson Lessa) e Bernardo (Dudu); Wellington Paulista e Kieza.
Técnico: Adilson Batista
Cartões amarelos: Rafael, Wellington Paulista e Magalhães (Cruzeiro); Marcel e Lúcio (Democrata-GV)



O Cruzeiro, que entrou na última rodada com 24 pontos, quatro a mais que Ipatinga e Democrata, segundo e terceiro colocados, respectivamente, não poderia ser alcançado na última rodada. Por isso, terá vantagem até a decisão do campeonato, se chegar até lá, de jogar sempre por dois resultados iguais.

Como primeiro colocado, na próxima fase, o clube celeste enfrentará o oitavo colocado, que é o Uberaba, que foi derrotado pelo América-MG, por 2 a 1. O Villa Nova, que empatou com o Ipatinga por 1 a 1, no Vale do Aço, será o adversário do Democrata.

Assim como já havia feito outras vezes neste Campeonato Mineiro, o técnico Adilson Batista mandou a campo uma time reserva. Com o jogo decisivo diante do Vélez Sarsfield, pela Copa Libertadores, na quarta-feira, no Mineirão, e com sete jogadores suspensos, o Cruzeiro entrou em campo com uma equipe composta por alguns atletas da categoria de base.

Na vitória sobre o América de Teófilo Otoni, na rodada passada, por 2 a 1, jogadores que estavam pendurados aproveitaram para levar o terceiro amarelo, entrando “zerados” na próxima fase. Sete atletas cumpriram suspensão automática: Leonardo Silva, Diego Renan, Henrique, Fabinho, Pedro Ken, Marquinhos Paraná e Kléber.

O goleiro Fábio, o lateral-direito Jonathan, o meia Gilberto e o atacante Thiago Ribeiro estão sendo poupados. Roger segue fora por contusão. Dos atletas considerados titulares, no momento, apenas o zagueiro Thiago Heleno foi relacionado para o jogo com o Democrata, mas ficou no banco. Fabrício e Fernandinho, que estão voltando de lesões, também fazem parte da lista.

O Democrata-GV, que precisava da vitória para se manter na segunda colocação, começou a partida pressionando o Cruzeiro. Logo no primeiro minuto, o time da casa quase abriu o placar com Eraldo, mas Cláudio Caçapa salvou o time celeste, após defesa do jovem goleiro Rafael.

Porém, quem abriu o marcador foi o Cruzeiro. Logo aos 5min, em jogada individual de Kieza, que fez a sua primeira partida como titular, o atacante acertou um chute colocado colocando o time da capital mineira em vantagem.

Após o gol inicial, o Cruzeiro recuou e passou a administrar a vantagem. Mas o Democrata se soltou mais na partida, buscando o gol de empate. Apesar de melhorar em campo, o time da casa, mesmo empurrado pela sua torcida, não conseguiu criar chances de empate.

O time de Governador Valadares levava mais perigo ao gol do jovem goleiro Rafael em cruzamentos, cortados em sua maioria pela defesa celeste. Após a paralisação técnica, acordada entre os técnicos dos dois clubes com o juiz Alicio Pena Júnior, devido ao forte calor, aos 25min, o técnico Adilson Batista arrumou a sua equipe.

E assim o Cruzeiro voltou a equilibrar a partida e a sair mais da defesa. Aos 37min, em jogada individual de Bernardo, que teve boa movimentação, pela ponta esquerda, o jovem lateral-direito Marcos recebeu cruzamento e acertou o travessão de Bruno.

O Cruzeiro voltou com uma novidade no segundo tempo. O técnico Adilson Batista tirou Fabrício e colocou Fernandinho, que voltou a disputar uma partida oficial, o que não acontecia desde 30 de janeiro, quando passou por uma artroscopia no joelho esquerdo.

“Fiquei um bom tempo sem jogar, recuperando de lesão, espero poder jogar bem nesta volta. A felicidade é grande, espero não me machucar mais. Vou procurar fazer um bom segundo tempo”, disse Fernandinho.

Porém, o Democrata voltou melhor na segunda etapa e logo no primeiro minuto, em um chute forte de Alex Santos, que o jovem goleiro Rafael não conseguiu segurar, o time da casa chegou ao empate. Pouco depois, aos 16min, Wanderson desempatou a partida.

Os jogadores cruzeirenses sentiram a virada e passaram a errar muitos passes. Com isso, o time da casa passou a pressionar, buscando o terceiro gol, que confirmaria a vitória. E ele veio com Celinho, que havia acabado de entrar em campo.