27/01/2010: Real Potosi 1x1 Cruzeiro

terça-feira, 21 de março de 2017

video

REAL POTOSÍ 1 X 1 CRUZEIRO
Motivo: jogo de ida da primeira fase da Copa Santander Libertadores
Data: 27/01/2010 (quarta-feira)
Árbitro: Victor Rivera (PER)
Local: estádio Victor Ugarte, em Potosí-BOL
Gols: Wellington Paulista, aos 7 min. do 1º tempo; Correa, aos 43 min. do 2º tempo
Real Potosí: Machado; Eguino, Ricaldi, Rodríguez e Galindo; Clavijo (Andaveris), Ortiz (Correa) e Loayza; Argarañaz; Ruiz (Florentín) e Yecerotte
Técnico: Sergio Apaza
Cruzeiro: Fábio; Elicarlos, Leonardo Silva, Gil e Diego Renan; Marquinhos Paraná, Henrique, Pedro Ken (Fabinho) e Gilberto; Kleber (Thiago Ribeiro) e Wellington Paulista (Jonathan)
Técnico: Adilson Batista
Cartões amarelos: Yecerotte, Ricaldi, Eguino e Loayza (Real Potosí); Leonardo Silva (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Gilberto (Cruzeiro)
Link com detalhes no blog PHD











Resumo
Com o resultado, o Cruzeiro joga por um empate sem gols para avançar na competição. O jogo de volta será na quarta-feira 3 de fevereiro no Mineirão. Se confirmar a classificação, o time mineiro entra para a fase de grupos e terá como adversários Vélez Sarsfield, da Argentina, Colo Colo, do Chile, e Deportivo Itália, da Venezuela.

Apesar de sofrer o empate, o resultado foi considerado positivo pelos cruzeirenses, até porque em 2008 o time esteve em Potosí e foi goleado por 5 a 1. “Valeu, o resultado foi muito bom”, disse o lateral-direito Jonathan, bastante cansado, mas satisfeito.

A comissão técnica do Cruzeiro traçou uma estratégia para se adaptar à altitude de Potosí. A delegação celeste antecipou a viagem à Bolívia e chegou mais cedo no país vizinho. A preparação foi realizada em Sucre, que fica a 2.800 metros acima do nível do mar, durante cinco dias.

Para o jogo, o técnico Adilson Batista mexeu na formação da equipe. O treinador sacou Thiago Ribeiro, por ser velocista, e escalou Wellington Paulista, que fica mais centrado na área. Outro que ficou no banco foi o lateral Jonathan, que pouco treino na Bolívia devido a incômodo no tornozelo esquerdo.

O Cruzeiro começou bem a partida e encarou o adversário na altitude, Aos 7min, Kléber fez boa jogada e tocou para Diego Renan cruza para Wellington Paulista, que abriu o placar. O Potosí encontrou dificuldade para chegar ao gol de Fábio e abusou do impedimento, principalmente com o atacante Ruiz.

Tudo caminhava bem para o Cruzeiro quando Gilberto, um dos mais experientes do time celeste, perdeu a cabeça num lance mais ríspido com o atacante Yecerotte e deu um soco no adversário. O árbitro foi informado pelo auxiliar e mostrou o cartão para o jogador brasileiro.

O Real Potosí tentou tirar proveito da vantagem de atuar com um jogador a mais, porém pouco incomodou o goleiro Fábio. A melhor chance dos bolivianos ocorreu aos 32min, quando o zagueiro Rodriguez cabeceou uma bola no travessão depois de cruzamento de Correa.

No segundo tempo, o Real Potosí voltou com três atacantes, com a entrada de Andaveris no lugar de Clavijo. O time boliviano partiu para cima do Cruzeiro e criou chances para empatar ainda no início, quando Andaveris teve duas oportunidades.

O jogo tornou-se complicado para o Cruzeiro, que foi bastante pressionado no final da partida. Aos 43min, o Potosí conseguiu, enfim, superar o goleiro Fábio e empatou com Correa, que recebeu livre dentro da área e bateu no canto direito. Nos acréscimos, Fábio ainda segurou uma bola desviada de cabeça na área.

2 Comentários

Raposa Azul disse...

E ae...
curti seu blog, parabens!!
Apesar das dificuldades, conseguimos um bom resultado em Potosi, rumo ao Tri da Libertadores.

depois da uma passada no meu blog, blograposaazul.blogspot.com

abraco

28 de janeiro de 2010 17:56
Sérgio disse...

obrigado, apareça sempre!

7 de fevereiro de 2010 14:18