1989:Reportagem sobre Balu

sexta-feira, 8 de maio de 2009

video



Cruzeiro da década de 80. Em pé: Geraldão, Eugênio, Balu, Douglas, Tito e Gomes. Agachados: Robson, Ernane, Hamilton, Heriberto e Edson.

Luís Carlos Reis, o Balú, bom lateral-direito do Cruzeiro nos anos 80, mora em Santos (SP), onde tem uma escolinha de futebol. Nas horas vagas, ele não consegue ficar longe dos gramados, ou da areia. Gosta de jogar futebol com veteranos (veja foto do time de masters do Santos). Balu fez parte de bons times cruzeirenses ao lado do quarto-zagueiro Heraldo, do volante Ademir, do meia Careca, do centroavante Hamilton e do ponta Édson. Além do Cruzeiro, Balú jogou na Ferroviária (no começo de carreira - veja foto), na Portuguesa Santista e no Paraná Clube. No time de Araraquara atuou ao lado de jogadores como Abelha (defendeu o São Paulo e o Flamengo), Mauro Pastor (ex-zagueiro do Inter), Rubem (ex-centroavante do Guarani), Marco Antônio (ex-zagueiro do Corinthians, Sport e Palmeiras), entre outros. O melhor momento de sua carreira foi no Cruzeiro, nos anos de 86 a 88. Na época, ele só não foi mais vezes lembrado para defender a Seleção Brasileira, porque Jorginho vivia grande fase e no país existiam outros bons laterais-direitos, entre eles Luís Carlos Winck (Internacional), Paulo Roberto (Vasco), Édson (Corinthians), Zé Teodoro (São Paulo) e Josimar (Botafogo). por Rogério Micheletti Um pouco da história do Balu