1995:Enio Andrade

sexta-feira, 27 de março de 2009

video
Texto da Wikipéida:

Ênio Vargas de Andrade
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ênio Vargas de Andrade
Informações pessoais
Nome completo Ênio Vargas de Andrade
Data de nasc. 31 de Janeiro de 1928
Local de nasc. Porto Alegre, Brasil
Falecido em 22 de Janeiro de 1997
Local da morte Porto Alegre, Brasil
Altura 1.78 m
Peso
Apelido Seu Ênio
Informações atuais
Clube atual Ex-atleta
Número
Posição
Clubes de juventude
{{{jovemclubes}}}
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (gols)
1949-1950
1950-1951
1951-1957
1958-1960 São José
Internacional
Renner
Palmeiras {{{jogos(golos)}}}
Seleção nacional


Ênio Vargas de Andrade (Porto Alegre, 31 de janeiro de 1928 — Porto Alegre, 22 de janeiro de 1997) foi um futebolista brasileiro, jogava no meio-campo.




Ênio Andrade começou como zagueiro no São José em 1949, transferindo-se para o Internacional no ano seguinte. Em 1951, transferiu-se para o Renner, clube que defendeu até 1957.

Foi no Renner que Ênio Andrade foi deslocado para o meio-campo, através do técnico Selviro Rodrigues. Em 1956, sagrou-se campeão dos Jogos Pan-americanos do México. Ainda defendeu Palmeiras, Náutico e novamente o São José.

Após encerrar a carreira de jogador, em 1961, Ênio Andrade tornou-se treinador de futebol. Em sua nova carreira, conseguiu importantes conquistas, tal como as da época de jogador. Era considerado um treinador bastante estrategista. Conquistou três campeonatos brasileiros: em 1979, com o Internacional (sendo de forma invicta, o único a conseguir tal feito até hoje); em 1981, com o Grêmio (em pleno Estádio do Morumbi); e em 1985, com o Coritiba (em pleno Maracanã, após disputa de pênaltis).

Ênio Andrade ainda teve conquistas internacionais em seu currículo. Pelo Cruzeiro, foi campeão da Supercopa Libertadores, além de uma Copa Ouro e um Copa Master Supercopa.

Ênio Andrade faleceu em 1997, aos 68 anos de idade, vitimado por complicações pulmonares.


Títulos

Como jogador
Internacional
Campeonato Gaúcho: 1950 e 1951.
Renner
Campeonato Gaúcho: 1954.
Palmeiras
Taça Brasil: 1960.
Campeonato Paulista de 1959

Como treinador
Internacional

Campeonato Brasileiro: 1979
Grêmio

Campeonato Brasileiro: 1981
Coritiba

Campeonato Brasileiro: 1985
Cruzeiro

Supercopa Libertadores: 1991
Copa Ouro: 1995
Copa Master Supercopa: 1995
Campeonato Mineiro de 1994
Náutico
Campeonato Pernambucano: 1984.

2 Comentários

Hadson - Gov. Valadares-MG disse...

Ênio Andrade foi o melhor técnico da história do Cruzeiro. Era conhecido como "O Bruxo". Com ele, jogador de futebol não se engraçava. Era sério, exigente, competente e profundo conhecedor do futebol. Como jogador, foi campeão gaúcho pelo Renner no ano de 1954, ao lado de Joaquim Valdir de Morais.
Bela homenagem a Ênio Andrade.

27 de março de 2009 17:51
Sérgio disse...

Hadson,a gente se lembra com carinho do Ênio, técnico que tinha a cara do Cruzeiro. Um abraço!

29 de março de 2009 20:50