Alexandre

domingo, 1 de junho de 2008

Recebi o email abaixo e o Eduardo, filho do ex-jogador Alexandre, me autorizou a publicá-lo no blog:
"Meu nome é Eduardo. Sou filho de um ex-jogador chamado Alexandre. Jogou no cruzeiro no final da década de 70 e ínicio de 80 ... Jogou com Joãozinho, Nélio! Tenho muitas reportagens aqui, de jornais e revistas, mas nunca vi vídeos do meu pai atuando. Tem algum vídeo dele arquivado? Teria como me enviar? Não tem noção como sou doido para ver vídeos e gols dele! Já o viu jogar? Nome completo dele: Alexandre de Oliveira Alves Ramos
Se me responder esse e-mail vou ficar satisfeitíssimo, e se conseguir os vídeos vou ser grato para o resto da vida! Meu pai faleceu a 4 anos e o ver jogar, seus gols, vai ser de grande importância devido ao orgulho que eu tenho dele.
Grande abraço"



Alexandre de Oliveira Alves Ramos, o ex-meia Alexandre, faleceu em 13 de janeiro de 2004. Defendeu Cruzeiro e Botafogo do Rio de Janeiro na carreira nas décadas de 1970 e 1980.

4 Comentários

Hadson Santiago disse...

Tenho 41 anos e tive o prazer de ver o Alexandre jogar. Na época, ele era chamado de Professor Alexandre. Mesmo numa fase sem títulos, o Cruzeiro montou um bom time em 1980, liderado por Nelinho, Alexandre e Joãozinho.
A escalação do time-base era: Luís Antônio, Nelinho, Zezinho Figueroa, Marquinhos e Mariano; Nélio, Mauro Madureira e Alexandre; Eduardo, Roberto César e Joãozinho.
Alexandre estava presente na maior goleada da história do Mineirão: Cruzeiro 11 x 0 Flamengo de Varginha, pelo Campeonato Mineiro de 1980. Gols: Roberto César (5), Mauro (4), Alexandre e Carlinhos Sabiá. O Cruzeiro ainda perdeu um pênalti.
Sabia que o Alexandre havia falecido, mas não sei maiores detalhes.
Muito boa a lembrança e a homenagem ao Professor Alexandre.
Valeu!

2 de junho de 2008 18:10
Onildo Melo Lima disse...

Sou jornalista aqui em Belém e venho faz\endo uma pesquisa para lançar um livro sobre o futebol paraense e gostaria de entrar em contato com Eduardo, filho do saudoso jogador Alexandre, O Professor, que passou por aqui defendendo o Remo. Um cracaço de bola. Gostaria de receber o contato do Eduardo o meu é onildomelo@yahoo.com.br

23 de junho de 2014 21:05
Anônimo disse...

Sou filho do Nélio. Tive chance de ver meu pai jogar. Interessante relembrar essas histórias do futebol, nesse vídeo em questão, muitos falam do gol do Joãozinho (de fato uma obra prima), mas o gol do Nélio não fica muito atrás. Esses dias fuçando a internet achei um que ele faz o gol da vitória contra o Atlético-MG em 1979 pelo Campeonato Mineiro.

13 de janeiro de 2016 22:47
Anônimo disse...

Alexandre foi um grande jogador, muito técnico e inteligente. É um prazer ter a oportunidade de relembrar desses craques.





22 de fevereiro de 2017 22:49